domingo, maio 19, 2024
HomeTecnologiaCarro voador será produzido ainda neste ano no Brasil, diz Embraer

Carro voador será produzido ainda neste ano no Brasil, diz Embraer

Eve Air Mobility anuncia produção do primeiro protótipo de carro voador

A Eve Air Mobility, divisão da Embraer focada em transporte aéreo urbano, divulgou que até o final do ano fabricará o primeiro modelo em escala real de seu “carro voador”, conhecido como eVTOL. A construção do veículo ocorrerá em Taubaté, situada no interior de São Paulo. Espera-se que os primeiros ensaios de voo do protótipo sejam realizados ainda dentro deste ano em Gavião Peixoto, que fica a 330 km de São Paulo.

Divulgação Eve Air Mobility
Montagem do veículo eVTOL em Taubaté, São Paulo, ainda este ano

A produção do primeiro protótipo de carro voador em tamanho real no Brasil é um marco significativo para a Eve Air Mobility. A montagem do veículo eVTOL será realizada em Taubaté, no interior de São Paulo, e deve começar ainda este ano, de acordo com a empresa. A expectativa é que esse primeiro veículo seja utilizado para fins de certificação junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Os detalhes técnicos do veículo ainda não foram divulgados, mas sabe-se que se trata de um veículo elétrico de pouso de decolagem vertical, capaz de transportar passageiros.

Detalhes técnicos do carro voador

O carro voador, conhecido como eVTOL (ou “veículo elétrico de pouso de decolagem vertical”), é uma aeronave 100% elétrica com alcance de 100 quilômetros. Ele utiliza uma configuração de decolagem e cruzeiro, tendo oito rotores dedicados ao voo vertical e um motor para voar em cruzeiro como um avião. O veículo tem capacidade para até quatro passageiros e possui zero emissão de CO2, além de ser significativamente mais silencioso do que um helicóptero comum. Os voos com eVTOLs têm o potencial de reduzir viagens intraurbanas de mais de uma hora para apenas 15 a 20 minutos.

Previsão de testes e entrada em operação no Brasil

A Embraer-X, área de inovação da Embraer, está otimista em relação à entrada em operação dos eVTOLs no Brasil. A empresa planeja realizar os primeiros testes de campanha de voo na cidade de Gavião Peixoto, a 330 km de São Paulo, ainda este ano. Além disso, a Eve Air Mobility estima que os eVTOLs comecem a voar comercialmente no Brasil a partir de 2026. A expectativa é de que essas aeronaves revolucionem a mobilidade urbana, reduzindo o tempo de deslocamento e aumentando a eficiência dos sistemas de transporte nas grandes metrópoles.

Perspectivas da Eve Air Mobility e da Embraer no mercado de carros voadores

Potencial do Brasil na corrida dos “carros voadores”

Apesar de outros países já estarem desenvolvendo projetos de eVTOLs, Daniel Moczydlower, presidente da Embraer-X, acredita que o Brasil tem boas chances de se destacar nesse mercado. Ele enfatiza a combinação da Eve Air Mobility, apoiada pela experiência de mais de 50 anos da Embraer, e a competência técnica da Anac como fatores favoráveis para o sucesso do país nessa corrida. Moczydlower destaca ainda o maior centro de ensaio de voo do hemisfério Sul, localizado em Gavião Peixoto, como uma vantagem significativa para a condução dos testes e certificação dos eVTOLs.

Infraestrutura e capacidade técnica da Embraer para impulsionar os testes

A Embraer é reconhecida mundialmente pela sua expertise em produção de aeronaves, o que se torna uma vantagem estratégica para o desenvolvimento dos carros voadores. A empresa possui um centro de ensaio de voo em Gavião Peixoto, que é o maior do hemisfério Sul e pode ser utilizado para acelerar os testes dos eVTOLs. Além disso, a infraestrutura existente nos helipontos pode ser adaptada para comportar as operações dos veículos, facilitando a sua integração ao sistema de transporte urbano.

Regulamentação e contribuições da Anac para a certificação dos eVTOLs

A Anac desempenha um papel fundamental na certificação e regulamentação dos eVTOLs no Brasil. Em março deste ano, a agência abriu uma consulta setorial para receber sugestões e ideias que possam integrar a certificação e regulação dessas aeronaves. As contribuições recebidas estão em fase de análise e ainda não há um cronograma pré-definido para os próximos passos. O envolvimento da Anac nesse processo é essencial para garantir a segurança e o bom funcionamento dos carros voadores no país.

Demandas e expectativas do mercado para os carros voadores da Eve Air Mobility

Interesse de empresas e previsões de uso no Brasil

A expectativa em relação aos eVTOLs é alta, tanto por parte das empresas como dos passageiros. Já existem diversas empresas interessadas em utilizar essas aeronaves para diferentes finalidades, como voos comerciais e táxi aéreo. A Voar Aviation, por exemplo, comprou 70 eVTOLs da Eve Air Mobility para operar em voos comerciais na cidade de São Paulo. A previsão é de que essas aeronaves estejam disponíveis para uso a partir de 2026, transformando a maneira como nos deslocamos dentro das cidades.

Potenciais impactos na mobilidade urbana e tempos de viagem

Os carros voadores têm o potencial de revolucionar a mobilidade urbana, reduzindo o tempo de deslocamento e melhorando a eficiência dos sistemas de transporte. Viagens que hoje podem levar horas seriam realizadas em questão de minutos. Isso traria diversos benefícios, como maior produtividade, redução do estresse e melhoria na qualidade de vida. Além disso, a utilização de veículos elétricos contribui para a redução das emissões de carbono, melhorando a qualidade do ar nas cidades.

Diferenciais e vantagens dos eVTOLs em comparação com meios de transporte tradicionais

Os carros voadores representam uma nova geração de transporte, oferecendo vantagens significativas em relação aos meios de transporte tradicionais. Os eVTOLs são 100% elétricos, tornando-se uma opção mais sustentável em comparação aos veículos movidos a combustíveis fósseis. Além disso, eles são mais silenciosos e podem operar em áreas urbanas densas, onde há restrições para aeronaves convencionais. Com essas características, os eVTOLs têm o potencial de transformar a maneira como nos locomovemos nas cidades.

Aspectos técnicos e ambientais do eVTOL da Eve Air Mobility

Configuração e capacidade do veículo elétrico

O eVTOL da Eve Air Mobility utiliza uma configuração de decolagem e cruzeiro com rotores dedicados para o voo vertical e asas fixas para voar em cruzeiro, sem a necessidade de componentes para a transição durante o voo. Essa configuração permite uma maior eficiência de voo e menor consumo energético. Além disso, o veículo tem capacidade para até quatro passageiros, podendo chegar a seis em operação autônoma, conforme avanços regulatórios e de infraestrutura.

Benefícios ambientais e redução de emissões

Os eVTOLs representam uma solução mais sustentável para o transporte aéreo urbano. Eles possuem zero emissão de CO2 e podem reduzir em até 80% a emissão de dióxido de carbono em comparação com carros convencionais. Além disso, essas aeronaves são significativamente mais silenciosas do que helicópteros, tornando-se uma opção mais amigável para as áreas urbanas. A utilização de veículos elétricos contribui para a redução da poluição atmosférica e melhoria da qualidade de vida nas cidades.

Adaptação de infraestrutura para operações dos eVTOLs

A Eve Air Mobility prevê a adaptação da infraestrutura existente para comportar as operações dos eVTOLs. Helipontos e vertiportos podem ser adaptados e equipados com estações de carregamento para suportar as operações dos veículos. Essa adaptação facilita a integração dos eVTOLs ao sistema de transporte urbano, aproveitando a infraestrutura já existente. Essa estratégia contribui para reduzir os custos de implantação e acelerar a entrada em operação dos carros voadores.

Diante dos avanços tecnológicos e da crescente demanda por soluções de mobilidade urbana mais eficientes e sustentáveis, a produção do primeiro protótipo de carro voador pela Eve Air Mobility no Brasil representa um importante passo para o futuro da indústria aeronáutica. Com o suporte da Embraer e a competência técnica da Anac, o Brasil tem boas chances de se destacar na corrida dos carros voadores, impulsionando a inovação e transformando a maneira como nos locomovemos nas cidades.

LEIA TAMBÉM

Últimas Notícias