Publicado em: terça-feira, 06/12/2011

Zagueiro Xandão é pego no exame antidoping

O zagueiro Xandão, do São Paulo, foi flagrado com uma substância proibida em sua urina no exame antidoping e foi afastado preventivamente por 30 dias. Entretanto, a direção do São Paulo está tranquila com a situação e nem seque pediu contraprova do exame.

Isso porque os médicos do São Paulo consideram que ouve um mal intendido com relação à divulgação do resultado de Xandão. O jogador usou um colírio para combater uma conjuntivite, mas todo o procedimento foi informado à comissão antidoping. Nesse caso, não se caracteriza uso de substância para melhora de desempenho.

Xandão foi flagrado no exame na derrota do São Paulo para o Atlético-PR, no dia 16 de novembro, por 1 x 0. De acordo com a equipe médica do Tricolor, quando um jogador precisa fazer uso de uma substância proibida para combater um problema de saúde, ela pode ser utilizada desde que a comissão antidoping seja informada sobre todos os passos.

O São Paulo divulgou uma nota oficial em seu site e eximiu o jogador de qualquer tipo de culpa. Nela, o clube explica que Xandão recebeu orientações de como utilizar o colírio e agiu corretamente.