Publicado em: quarta-feira, 05/03/2014

Yahoo se tornará “independente” do Facebook e Google nos próximos dias

Yahoo não terá conexão com o Facebook e Google nos próximos diasOs internautas que costumam acessar os conteúdos e serviços Yahoo com o login de seus perfis no Facebook ou contas Google vão perder esse benefício nos próximos dias. Isso porque o Yahoo vai passar a exigir que o usuário tenha login próprio da companhia para navegar livremente pelo conteúdo, incluindo serviços populares como a página de compartilhamento de fotos Flickr.

Esta mudança, que aparentemente é tão drástica, será feita de maneira gradual segundo diretores do Yahoo, e é uma das manobras da presidente-executiva Marissa Mayer, que quer recuperar a grandeza desta que já foi a principal companhia de internet nos Estados Unidos, e que ultimamente vinha sendo coadjuvante no gosto popular.

Um comunicado lançado pela empresa ainda ressalta que este movimento visa melhorar e personalizar a experiência on-line do usuário, e que vai. Esta alteração, eliminando o acesso com as contas Google e via Facebook, é completamente oposta à posição adotada pela empresa durante a gestão da antiga CEO Carol Bartz.

Nos Estados Unidos, alguns serviços como o site Tourney Pick’Em, focado em uma disputa universitária de basquete, já exigem o cadastro próprio no Yahoo. Como a mudança completa levará tempo, o usuário que preferir pode permanecer acessando com o Facebook ou Contas Google por mais um período. Porém, após a conclusão desta renovação, os botões de login por meio destes dois serviços “terceirizados” serão completamente removidos de todos os serviços do Yahoo. Não há um cronograma prevendo o fim da manobra.

Popularidade voltou a crescer

A estratégia adotada pela diretoria do Yahoo surge um mês após o site ser apontado como o mais acessado pelos internautas dos Estados Unidos durante os últimos 31 dias de 2013. O buscador Google foi superado pelo Yahoo ainda em agosto do ano passado, demonstrando o potencial de crescimento do antigo líder absoluto do mercado, e que agora vive uma fase de pelo menos cinco meses consecutivos na liderança no mercado norte-americano.

Os sites do Yahoo registraram 195,2 milhões acessos únicos em dezembro do ano passado, contra apenas com 192,3 milhões do Google. Aparecem na sequencia deste ranking a Microsoft, com 175,2 milhões de acessos únicos, o Facebook, longe de liderar com apenas 140,7 milhões, e AOL, com 120 milhões de acessos.