Publicado em: segunda-feira, 24/03/2014

Wenger “comemora” milésimo jogo com goleada histórica

Wenger comemora milésimo jogo com goleada históricaO técnico Arsène Wenger está há 18 anos no comando do Arsenal e, neste sábado, completou sua milésima partida como técnico do clube. A comemoração, entretanto, ficou para o rival. O Chelsea de José Mourinho aplicou uma goleada histórica nos Gunners, por 6 a 0. Esta foi a maior goleada já aplicada pelo Chelsea no rival, que contou com gols de Eto’o, Hazard, Schürlle, Salah e Oscar, duas vezes.

Além de Wenger, o árbitro Andre Marriner também foi um dos protagonistas da partida, devido a uma sequência de trapalhadas. Primeiro, o árbitro não viu pênalti de Oxlade-Chamberlain, que evitou um gol do Chelsea com a mão. Após ser avisado pelos assistentes, Marriner expulsou Gibbs por engano, pensando que havia sido ele o autor do pênalti. O árbitro não voltou atrás em sua decisão e Chamberlain seguiu em campo.

A vitória fez com que o Chelsea se mantivesse tranquilo na ponta do Campeonato Inglês, com 69 pontos. Liverpool e Manchester City, que também venceram, estão com 65 e 63 pontos, respectivamente. Contudo, o City tem três jogos a menos do que o líder.

A partida

A festa pela marca histórica alcançada por Arsène Wenger durou apenas cinco minutos. Após contra-ataque de Schürrle, Eto’o mandou para as redes e colocou o Chelsea em vantagem. Apenas dois minutos depois, foi a vez de Schürrle deixar o dele, após bela jogada individual.

Aos 14 minutos da etapa inicial, o Chelsea ampliou a vantagem, após Hazard cobrar o polêmico pênalti que deixou o Arsenal com um jogador a menos em campo. A partir daí, o jogo já estava resolvido. O Chelsea, com vantagem no placar e no número de jogadores, passou a se preocupar mais com a posse de bola. Ainda assim, antes do intervalo, Oscar marcou mais uma vez para o time da casa.

Segundo tempo

Na segunda etapa, o Arsenal se mostrava completamente entregue. O Chelsea, tranquilo em campo, ainda marcaria novamente com Oscar, aos 21 minutos da etapa final, após chute colocado. A goleada foi concluída aos 26 minutos, com Salah.

José Mourinho, que havia feito uma série de provocações antes do clássico, se mostrava muito mais empolgado do que de costume. Do outro lado, Arsène Wenger tinha o semblante fechado, incrédulo com o resultado da partida.

Tabela

Apesar da goleada, o Arsenal se mantém em boa posição na tabela, com 62 pontos conquistados. Apesar dos seis pontos de vantagem para o Tottenham, quinto colocado, o objetivo do Arsenal na temporada é, muito mais do que a briga pelo título, a tentativa de conquistar mais uma posição e se classificar para a próxima edição da Champions League.

Com isso em mente, o grande rival dos Gunners na temporada é o Liverpool, que tem três pontos a mais, mas o mesmo número de jogos (30). O Manchester City, com 63 pontos (mas apenas 28 jogos), é a única equipe no momento que depende apenas de suas próprias forças para conquistar o título do Campeonato Inglês de 2014.