Publicado em: sexta-feira, 14/10/2011

Walmart indica Brasil como investimento prioritário

A varejista americana Walmart atualizou sua previsão de despesas de capital para o ano fiscal corrente, encerrado em 31 de janeiro. Do total entre US$ 13 e US$ 14 bilhões, incluindo despesas relacionadas a aquisições, serão destinados até US$ 4,5 bilhões nas operações internacionais.

Analistas anunciaram esses números numa conferência anual na quarta-feira (12). “Continuamos a priorizar nossos investimentos nos mercados emergentes de China, Brasil e México”, afirmou o presidente e diretor executivo do Walmar Internacional, Doug McMillon.

Ele ainda afirmou que a varejista pretende construir escala nos mercados exigentes e continuar a avaliar aquisições para entrar em mercados adicionais maiores, de crescimento mais elevado. Também afirmou que teve o terceiro mês de avanço em vendas de mesmas lojas nos EUA, depois de um longo período de queda.

No dia 15 de novembro, serão divulgados os resultados do terceiro trimestre. O Walmart apresentou também uma meta para reduzir a proporção entre gastos operacionais e vendas significativamente durante os próximos cinco anos. “As economias serão investidas em preços mais baixos para clientes americanos e maior lucratividade internacionalmente”, informou uma nota da empresa.