Publicado em: quinta-feira, 20/11/2014

Wallmart revisa sua política para igualar seus preços depois de golpes de falsas ofertas no site Amazon

Wallmart revisa sua política para igualar seus preços depois de golpes de falsas ofertas no site AmazonDepois de ter garantido aos seus consumidores que caso o cliente encontrasse na internet um preço menor do que o anunciado pelo Walmart, a loja cobriria o preço, a grandiosa rede de supermercados decidiu revisar sua política para a realização dessa equiparação de seus preços.

O problema é que com o anúncio feito pelo Walmart, pessoas estavam buscando sites de compras e se apoiando em ofertas falsas, alguns sites de compra pela internet nos Estados Unidos permitem que as pessoas façam anúncios de produtos e coloquem neles o preço que achar mais conveniente, sendo assim alguns espertos entravam nesse site escolhiam por produtos e colocavam um preço absurdamente barato, imprimiam a oferta e se dirigiam ao Walmart para que pudessem requere um valor menor pelo produto.

Houve registros de alguns casos na internet, por meio de redes sociais, que davam conta que algumas pessoas conseguiram ter sucesso com a prática, em um dos casos, uma pessoa adquiriu um pacote de Nintendo Wii juntamente com o 3DS por apenas R$ 60, preço muito inferior ao que se paga no mercado por esses produtos.

O alvo do golpe estava sendo atualmente o site de compras pela internet, Amazon, que assim como outros permite que os próprios usuários publiquem suas ofertas pelos valores que acharem justos, com isso o produto que estava sendo alvo dessas ofertas fictícias era o console Playstation 4, que segundo relatos em redes sociais, foi comprado por US$ 50.

Com todos esses acontecimentos o Walmart decidiu rever suas políticas de aceitação de ofertas e com isso as lojas não aceitarão mais todo o tipo de oferta por produtos, mesmo que estes estejam dispostos no site da Amazon, já que o golpe de falsas ofertas não é impossível de ser detectado, devido ao baixo valor do produto em questão, com isso as ofertas que forem oficiais dos sites de compra serão aceitas pela rede de supermercados, mas ofertas feitas por terceiros, mesmo que estejam nos sites, não serão mais consideradas, o Walmart realizou o comunicado de suas novas políticas dentro de seu perfil em uma rede social.