Publicado em: terça-feira, 22/04/2014

Wagner Moura pode viver Edir Macedo nos cinemas

Wagner Moura pode viver Edir Macedo nos cinemasDepois da inauguração de um grande espaço destinado à religião, o espaço conhecido como Templo Salomão, a Rede Record e a Igreja Universal do Reino de Deus devem unir esforços novamente para conseguir levar às telonas de cinema a história de vida do bispo Edir Macedo.

A inauguração do Templo de Salomão está prevista para acontecer em junho deste ano, se as obras não atrasarem devido o mau tempo em São Paulo. Entretanto, a ideia é começar a trabalhar com a obra cinematográfica ainda este ano.

A Record Entretenimento, que é o braço de licenciamento da emissora do bispo, já vem trabalhando na elaboração de um projeto para contar em um filme a história de Macedo, que é um ex bancário que fundou a Igreja Universal e acabou conseguindo ainda se tornar dono de uma das maiores redes de televisão no Brasil, acumulando uma fortuna estimada em cerca de US$ 1 bilhão.

A previsão da produção da Globo é conseguir levar o filme aos cinemas até o ano de 2016, tendo como base três das mais recentes biografias do bispo.

São elas: O Bispo e Nada a Perder 1 e 2. As três obras foram escritas pelo vice presidente de jornalismo da Record, o jornalista Douglas Tavolaro. A proposta da emissora é que o filme sobre a vida do bispo seja uma mega produção e para viver Edir Macedo a Record tem estudado contratar o ator Wagner Moura, cada dia mais cotado no cinema, nacional e internacional.

O diretor José Padilha, responsável pela direção do Tropa de Elite e também da nova versão do Robocop, também foi convidado para assumir a direção do filme biográfico, mas recusou a oferta, devido a falta de tempo por outros compromissos que já havia assumido anteriormente.

A proposta da emissora é conseguir lucrar ao menos 5,1 milhões com o longa biográfico de Edir Macedo. Isso colocar o filme entre os dez longas mais vistos em toda a história do cinema no Brasil.