Publicado em: terça-feira, 05/11/2013

Você sabia que a pizza pode ter nutrientes e ainda ser saborosa sem fazer mal?

Você sabia que a pizza pode ter nutrientes e ainda ser saborosa sem fazer malAos amantes de uma boa pizza uma notícia boa. Se reformuladas com ingredientes saudáveis ela pode ser fonte de nutrientes e ainda assim permanecer saborosa. Dados dão conta de que quando foram inventados, os ingredientes que compunham as pizzas eram pão, tomate e pequenas porções de queijo. Contudo com o passar do tempo, novos ingredientes foram tomando conta da famosa redondinha e acabaram por ficar prejudicial à saúde devido ao alto teor de sal e gordura saturada.

A pizza tradicional deve ser uma comida com pequeno teor de gordura e ao menos uma quantidade de legumes, o que a agrega a uma melhor saúde do coração, informa o nutricionista Mike Lean, da Escola de Medicina da Universidade de Glasgow.

Lean enfatiza que a ingestão das pizzas ainda perece em campo a ser avaliado, no entanto seu grupo de trabalho avaliou o teor nutricional da refeição e informou que se ela for reformulada com alguns ingredientes, pode sim ser nutritiva. Uma grande variedade de receitas foi produzida, cada um abrangendo 30% dos nutrientes juntos indispensáveis para a deglutição diária, uma refeição saudável.

Para apenas citar um exemplo das mais de 20 pizzas cerca de seis estavam com teor de gordura, acima do estipulado e determinado como ideal, oito tinham muita gordura saturada e apenas duas estavam dentre o limite aceitável.

Os pesquisadores avaliaram que não se deve relutar e manter o estigma de que toda pizza deve ser inimiga da alimentação. É possível reavaliar alguns itens e estar abertos para novos ingredientes que prometem manter a qualidade do alimento sem ser tão danoso ao organismo.