Publicado em: sexta-feira, 09/03/2012

Vitória do Flamengo não convence e torcida xinga Joel

Na noite da última quinta-feira (8) o Flamengo venceu apertado o Emelec-ECU por 1 x 0 pela segunda rodada da Copa Libertadores da América. A partida foi disputada no Engenhão e nem mesmo os três pontos foram suficientes para o torcedor rubro-negro.

A torcida estava dividida entre o apoio incondicional ao time e as constantes vaias aos jogadores. Um dos mais perseguidos pelos flamenguistas foi o meia Ronaldinho Gaúcho e o técnico Joel Santana.

Joel decidiu escalar a equipe com três zagueiros e o resultado não foi o mesmo que nos treinamentos. Havia um buraco no meio campo e a bola pouco chegou ao ataque. Nem mesmo com o gol de Vagner Love aos 3 minutos da segunda etapa foi suficiente para acalmar os ânimos do torcedor.

Nunca antes foi visto tamanha pressão sobre o camisa 10 rubro-negro. Além de vaias quando o jogador pegava na bola, a torcida ofendeu bastante o jogador. Joel Santana também teve que ouvir gritos de burro ao sacar Leo Moura, machucado, ainda no primeiro tempo e colocar Negueba na ala direita.