Publicado em: sexta-feira, 07/06/2013

Vítima de assaltos, comerciante resolve guardar dinheiro para os bandidos

Vítima de assaltos, comerciante resolve guardar dinheiro para os bandidosNa tarde de quarta-feira, dia 5, dois homens assaltaram uma mercearia localizada em Roda D’água, que fica no interior de Cariacica, no Espírito Santo. Os bandidos chegaram até o estabelecimento em uma motocicleta e ameaçaram os funcionários com uma arma para que eles entregassem o dinheiro. Desde o começo do ano, esta foi a sexta vez que a mercearia foi roubada. Em três meses, o prejuízo foi estimado em R$ 1,7 mil. Depois de muitos assaltos, agora o dono do estabelecimento resolveu adotar uma medida, no mínimo, curiosa: ele deixa entre 300 e 400 reais separados para o eventual ladrão, porque ele tem medo de que se houver um assalto e não haver dinheiro no caixa, ele possa acabar sendo morto pelos bandidos.

O comerciante diz que trabalha no ramo há 18 anos e desde o início ele já foi vítima de assalto. Ele diz que fica muito desanimado com isso e que a família tem medo. Por isso, além de deixar o dinheiro separado para os ladrões, ele decidiu não trabalhar mais com as portas de seu estabelecimento abertas.

Desta forma, apenas pessoas conhecidas podem comprar na mercearia, que tem as portas fechadas com grade e cadeado. Mas, segundo o comerciante, nem as grades e câmeras de vigilância estão impedindo que os bandidos ajam.

Além do comércio, as residências da população também são alvo dos bandidos. Cansado da situação, um idoso de 65 anos promoveu um abaixo-assinado reinvidicando por mais policiais na localidade. Ele diz que sua casa já foi assaltada seis vezes e que em uma das situações os ladrões o prenderam no banheiro, o ameaçaram e pisaram sobre sua cabeça.

Roda D’ Água possui apenas mil habitantes e a mercearia onde os assaltos foram registrados é o único estabelecimento deste gênero que atende a cidade inteira. Pereira é capitação da Polícia Militar e também responsável pelo trabalho da polícia na cidade. Ele destaca que uma reunião marcada para o final da tarde desta quinta-feira discutiria com os moradores medidas para aumentar a segurança.