Publicado em: quarta-feira, 24/09/2014

Vídeo Show boicota The Voice por rixa entre diretores da Globo

Vídeo Show boicota The Voice por rixa entre diretores da GloboO reality The Voice Brasil é o principal a estrear em setembro na Rede Globo, mas ainda assim foi completamente ignorado pelo programa dos bastidores Video Show, especial para promover as atrações da emissora. O Video Show enfrenta sua pior crise de audiência e podia bem se aproveitar do sucesso do The Voice. Surpreendentemente, na semana de estreia do programa, foram dedicados apenas dois minutos do programa para o reality show musical. O programa de sucesso teve menos espaço que as séries semanais Dupla Identidade e Sexo e as Negas, que também estrearam nesta semana.

Mesmo a novela Boogie Oogie, trama das 18 horas com menor índice de audiência que o programa conseguiu mais repercussão. As conversas nos bastidores encontraram uma explicação, já que Ricardo Waddington, diretor de núcleo do Video Show, teria uma rixa pessoal com J.B. Oliveira, Boninho, que é diretor de núcleo do programa musical. Até setembro do ano passado, era também Boninho quem comandava o programa de entretenimento, que foi passado para o núcleo de Ricardo Waddington. Nas reuniões que tratam da crise do Video Show, o nome de Boninho é sempre lembrado para reassumir o programa.

Sob o comando dele, a atração alcançava mais de 11 pontos, enquanto hoje marca uma média de seis pontos na grande São Paulo. Por conta da rixa, os outros programas de Waddington não receberam muita atenção nas atrações comandadas por Boninho, como o Encontro com Fátima Bernardes e o Mais Você, por exemplo. No período de uma semana, o The Voice só foi exibido pelo Video Show em uma retrospectiva de dois minutos, enquanto o Sexo e as Negas conquistou o dobro do tempo, com apresentação do cenário e ainda uma entrevista com o autor da trama.

No dia seguinte, Zeca Camargo entrevistou a autora da trama Dupla Identidade, Glória Perez. A competição pela voz do Brasil estreou com uma audiência muito superior às séries, com mais de 21 pontos na Grande São Paulo, enquanto as respectivas séries cravaram na média 14 pontos. Nem mesmo a novela Boogie Oogie consegue ultrapassar os 20 pontos do The Voice.