Publicado em: segunda-feira, 30/01/2012

Vídeo Game Super Mario é criticado por apologia a crueldade contra animais

O Peta, grupo que luta pela defesa dos animais está criticando o personagem bigodudo, mais conhecido entre os apreciadores dos vídeo games. O enganador está sendo alvo de criticas pelo grupo, por pisar na cabeça de animais no jogo.

Tudo começou depois que o jogo “Super Mario in 3D Land” foi lançado. O Peta afirma que o jogo faz apologia a maus tratos contra os animais, especialmente o cachorro tanooki, que garante poderes especiais ao Mário.

Para defender a causa o Peta criou uma logo sensacionalista onde afirma que Mário mata tonooki. No conceito do grupo, o tratamento ético a animais deve se estender também o mundo virtual dos videogames. Além disso, o grupo criou uma versão do jogo, onde o cão-guaxinim aparece ensangüentado procurando sua pele roubada.

Porém a ONG levou um GAME OVER dos grupos viciados em jogos. Ele explicou através de nota que tudo não passou de uma brincadeira, objetivando chamar a atenção para o que realmente importante, pois desejam que os tanookis de carne e osso não têm como se defender com suas caudas, enquanto alguns lucram com a venda de suas peles.