Publicado em: sábado, 11/02/2012

Victoria Secrets suspende vendas diretas ao Brasil

Victoria’s Secrets, a grife americana de lingeries e produtos de beleza, suspendeu as vendas diretas via correio aos consumidores brasileiros. A decisão foi tomada devido à ocorrência de extravios e violações das correspondências.

As modelos e garotas propagandas da marca são conhecidas como “angels” e entre elas há brasileiras como a modelo Adriana Lima. Um grande jornal brasileiro tentou concluir a compra como um teste, mas não conseguiu finalizar a operação, numa página que exibia a mensagem “restrição de transporte”.

De acordo com os Correios, as reclamações sobre violações e extravios acontecem porque o envio dos produtos ocorre em sacos inadequados ao transporte internacional. A grife Victoria’s Secret não se manifestou sobre o assunto.

O Correio chegou a notificar o serviço de correspondências nos Estados Unidos no ano passado, quando em São Paulo, as encomendas passaram a chegar em caixas. Entretanto, em estados como Paraná, os produtos continuaram sendo enviados em sacos.

História da empresa

Em português, o nome da grife remete ao “Segredo da Victoria”. É uma conhecida grife de lingerie, que também comercializa produtos de beleza. A empresa foi fundada em 1997, pelo empresário Roy Raymond. A matriz da grife está localizada em Ohio, nos Estados Unidos.

Acredita-se que a empresa lucre bastante com o comércio além das fronteiras dos Estados Unidos. Entre 2009 e 2010, estima-se, que os ganhos estiveram em torno de 6.35 a 7.05 bilhões de dólares.

Existem mais de mil lojas da grife e todas elas estão subordinadas a essa matriz em Ohio. A maioria delas está localizada em shoppings. As primeiras lojas Victoria’s Secret fora do país de origem foram inauguradas em 2010, nas cidades de Toronto e Edmonton.

O nome surgiu da admiração do criador Roy Raymond pela rainha Vitória. A grife é considerada a marca de lingerie mais famosa do mundo e se destaca por ter sido a primeira empresa a ganhar um estrela na calçada da fama, no ano de 2007.