Publicado em: segunda-feira, 07/10/2013

Vettel vence quarta prova seguida e se aproxima do tetracampeonato de Fórmula 1

Vettel vence quarta prova seguida e se aproxima do tetracampeonato de Fórmula 1O alemão Sebastian Vettel venceu sua quarta corrida consecutiva na temporada 2013 da Fórmula 1, no Grande Prêmio da Coreia do Sul, realizado no último domingo (6), em Yeongam. Em 55 voltas, o piloto da Red Bull completou a prova em uma hora 43 minutos 13 segundos e 701 milésimos. Líder isolado na classificação do Mundial de Pilotos, o tricampeão mundial soma 272 pontos, 77 acima do espanhol Fernando Alonso, da Ferrari.

Para completar o pódio, Kimi Raikkonen, da Lotus, foi o segundo colocado. Depois de ter largado na nona posição, o finlandês completou a prova há 4s200 de Vettel. Em terceiro lugar, Romain Grosjean, seu companheiro na equipe britânica, ganhou a bandeirada 700 milésimos depois.

No segundo pelotão, o quarto colocado da corrida foi o alemão Nico Hulkenberg, da Sauber. Em quinto lugar, chegou Lewis Hamilton, da Mercedes, seguido por Fernando Alonso, da Ferrari, sexto colocado. Já o alemão da Mercedes, Nico Rosberg, completou a prova na sétima posição. Em oitavo lugar, veio o inglês Jenson Button, da McLaren.

Depois de largar na sexta posição, o brasileiro Felipe Massa rodou na terceira curva, após tocar na Mercedes do inglês Hamilton. Assim, o piloto da Ferrari caiu para a última colocação e teve de fazer uma corrida de recuperação. Após ganhar posições, o paulista ultrapassou o mexicano Sérgio Perez, da McLaren, e se aproveitou da briga entre o venezuelano Pastor Maldonado, da Williams, e o mexicano Esteban Gutiérrez, da Sauber, para chegar na zona de pontuação e terminar a corrida em nono lugar.

Vettel já pode ser tetracampeão no GP do Japão no próximo fim de semana

A próxima etapa da Fórmula 1 será o Grande Prêmio do Japão, no domingo (13), às 3 horas da madrugada (horário de Brasília), no Circuito de Suzuka. Para ser campeão já no próximo fim de semana, Vettel precisa vencer e torcer para Fernando Alonso não chegar entre os oito primeiros colocados.