Publicado em: sexta-feira, 12/04/2013

Vettel afirma que faria ultrapassem sobre Weber outra vez e reacende polêmica às vésperas do Grande Prêmio da China

Vettel afirma que faria ultrapassem sobre Weber outra vez e reacende polêmica às vésperas do Grande Prêmio da ChinaAntes dos carros entrarem na pista para a disputa da terceira corrida da temporada da Fórmula 1, o clima mostrou estar quente para o Grande Prêmio da China. Após o piloto alemão Sebastian Vettel ter se desculpado por uma ultrapassagem que não estava autorizada sobre o piloto australiano Mark Webber durante o Grande Prêmio da Malásia, a segunda etapa do campeonato, e depois da equipe afirmar que não irá mais interferir no duelo entre os pilotos, Vettel fez declarações que fizeram com que a polêmica entre ele e Weber voltasse à tona.

Vettel disse para a revista britânica Autosport, que não havia entendido a ordem que a equipe passou através do rádio, e mesmo se tivesse entendido, iria fazer tudo o que fez outra vez. O alemão disse que o companheiro de equipe nunca ajudou ele e não deveria vencer em Sepang e afirmou ainda que este é um grande conflito, pois ele respeita ordens.

O relacionamento entre os pilotos da RBR já não está indo bem há certo tempo, e Vettel disse que respeita o companheiro de time, mas nunca contou com ajuda dele. Ele diz estava correndo, e como piloto, estava focado na vitória quando chamaram ele através do rádio e diz que ouviu o que foi dito, mas não chegou a entender e Vettel falou que desculpou, pois na atitude que tomou, ele colocou acima do time.

Após perguntado sobre punição de maneira formal da RBR, Sebastian respondeu de certa maneira irônica, dizendo que talvez as pessoas vivam em uma terra dos sonhos, e questionou o que poderia ocorrer e pediu uma sugestão.

Esta vai ser a 10ª corrida na China, que está presente no calendário da Fórmula 1 desde o ano de 2004. Lewis Hamilton que está na Mercedez venceu duas vezes com a McLaren e é o único piloto que ganhou mais de uma vez na pista de Xangai. Para o GP deste ano, vai ser a primeira vez que o circuito terá duas zonas para a ativação da asa móvel, uma sendo na reta dos boxes e outra na reta oposta. O ex-piloto britânico Mark Blundell vai ser o comissário convidado para que participe da direção da etapa.