Publicado em: terça-feira, 11/10/2011

Vestibular da FMP: fraude não deve afetar candidatos

A Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP) infirmou nesta segunda-feira (10) que a fraude que foi identificada para o vestibular 2012 da instituição não deve afetar os resultados, uma vez que o problema foi contido. O problema começou quando uma mulher se passou por uma candidata inscrita no processo.

No domingo (9), uma candidata inscrita para o processo seletivo havia dado a sua identidade para que uma outra mulher realizasse o exame em seu lugar. Segundo a diretoria-geral da Faculdade Arthur Sá Earp Neto, que também teve a sua prova juntamente com a FMO Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves, “o caso agora é de policia”.

De acordo com a diretoria, o vestibular para o curso de medicina recebeu 2.646 candidatos as 40 vagas oferecidas. O exame foi aplicado em três locais diferente, no campus da FMP, no colégio de Petrópolis e em uma unidade do Cefet no Rio de Janeiro.

A fraude teria acontecido dentro da unidade do Cefet. Maria Isabel então informou a Polícia Federal e a Cesgranrio que existia uma denuncia de fraude no processo. Ela ainda garantiu que mesmo com o episódio, o calendário do vestibular, incluído da lista dos aprovados, permanece igual. O resultado está previsto para o dia 8 de novembro.