Publicado em: segunda-feira, 16/12/2013

Versão de Black Friday no Brasil apresentou 21% dos valores altos

Versão de Black Friday no Brasil apresentou 21% dos valores altosNa Black Friday tupiniquim de 2013, o dígito de componentes que apresentaram as tarifas acrescentadas no dia da promoção foi mais do que o duplicado dos que apresentaram artigos reduzidos. É o que mostra uma pesquisa do Programa de Administração de Varejo (Provar) em conjunto com a companhia Íconna, individualizada em monitoramento de valores no comércio eletrônico. O estudo aponta que 21,5% dos perto de 1.300 artigos seguidos na internet apresentaram seus valores aumentados, em média 10,2%, no dia da promoção. Em compensação, somente 9,5% dos artigos verificados trouxeram queda nos preços. E o corte médio foi de 11%.

Nuno Fouto, executivo de Pesquisas do Provar e idealizador do trabalho, adverte que, entre os 1.300 itens seguidos, estão eletrodomésticos, eletrônicos, jogos, livros e artigos para a casa, em 11 páginas que faziam parte da promoção. Ele avalia que de acordo com a teoria, esses artigos precisariam participar da promoção, pois permaneciam divulgados dentro dos sites inclusos na Black Friday.

Fouto disse que ocorreram as promoções, contudo elas foram menos fortes em quantidade de artigos. Um elemento que avigora essa declaração é que, em afinidade à análise da Black Friday de 2012, a ocorrência deste ano indicou um número quadruplicado de artigos que apresentaram os preços acrescentados e numa dimensão bem superior. Em 2012, 5,1% dos artigos analisados trouxeram os valores reajustados para o alto em 5,7%, em média, na Black Friday. Em 2013, foram 21,5% dos artifícios aumentados, e em 10,2%, em média.

Na acepção contrária, teve diminuições, contudo com uma relevância muito inferior em comparação aos avanços. Na Black Friday de 2012, 2,8% dos artigos existiram os preços abatidos, em média, 6,3%. Em 2013, foram 9,5% dos itens que minutaram corte, com um desconto médio de 11%. A porção de componentes cujos preços não apresentaram mudança no evento, foi de 47,5% em 2012 e de 24,3% em 2013.