Publicado em: quinta-feira, 29/03/2012

Versão cristã do Facebook tem 5 mil usuários cadastrados

Os cristãos brasileiros ganharam uma rede social própria para discutirem diversos assuntos. Trata-se do CristaoBook, que seria uma versão do Facebook tendo em vista um viés religioso. Porém, de acordo com o criador do site, o designer e evangélico, Armando Louder, o CristaoBook não se define apenas na religiosidade. Em uma entrevista para o portal Terra, Louder afirma que seu site é um “ambiente saudável e organizado para Todos os tipos de discussão”. Em apenas 15 dias de existência, o CristaoBook já possui mais de 5 mil usuários registrados.

Louder afirma que a rede social aborda temas não tão bem vistos na sociedade cristã, como o aborto, o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a legalização da maconha. Ele afirma que a discussão sobre estes temas é válida quando há seriedade no que está sendo dito. Louder diz que o que realmente importa são os objetivos que se quer atingir expondo determinados assuntos.

Busca da espiritualidade

O designer afirma que teve a ideia de fazer a rede social porque sentiu necessidade de desenvolver um local para discussões sérias voltado para pessoas que procuram por alguma forma de espiritualidade. Para atingir este objetivo, Louder conta com a ajuda de “vigias”, que são pessoas que conduzem as conversas no site. No entanto, o criador afirma que os moderadores procuram não censurar o que é dito.

Ele afirma que o site não influencia ou muda o rumo que a discussão está tomando de uma maneira imposta. Louder conta que a rede social terá aplicativos com o intuito de bloquear ofensas e palavrões não apenas à fé cristã como também com relação aos usuários. A rede social possui, atualmente, apenas dois “vigias”: Louder e sua esposa, que também é parceira nos projetos.