Publicado em: segunda-feira, 19/03/2012

Vendas de smartphone vão crescer 73% em 2012

Uma projeção da IDC antecipa que as lojas brasileiras vão aumentar as vendas de smartphones. Serão 29 aparelhos vendidos por minuto. Em 2011 essa estimativa era de 17. No ano passado foram vendidos um total de 8,9 milhões de unidades, mas este ano esse número deve chegar a 15,4 milhões segundo a projeção da IDC. Isso representa um aumento de 73%. Para vendedores, a ampliação das vendas do aparelho no país se deve a três motivos principais. O primeiro deles é o fato de que os fabricantes ampliaram as funções do aparelho e diminuíram os preços. Ano passado o preço caiu 20% e estima-se que este ano será 6% mais barato.

Outro motivo é que as empresas de telefonia contribuem para a difusão ao fazerem promoções com pacotes direcionados para a internet. Além disso, o analista Bruno freitas, da IDC, disse que o brasileiro tem afinidade com novas tecnologias e quer sempre se manter atualizado. Com o aumento das vendas de acordo com a projeção, o Brasil deve ocupar a 4ª colocação até 2016, passando a frente do Reino Unido, por exemplo.

Países emergentes devem consumir mais tecnologias

Outra expectativa apontada pela IDC é que nos próximos anos a Índia também será um mercado principal de celulares modernos e com funções diversificadas. Estima-se que este ano o país chegará a 10ª colocação, ficando atrás do Oriente Médio e África. Mas a principal mudança ficará para a China. Em 2012 o país deve ocupar a primeira posição da lista, desbancando os EUA que atualmente são os maiores consumidores do aparelho. Segundo Wong Teck Zhung, analista da IDC, não há como mudar este cenário, pois tudo indica que a mudança na liderança virá de qualquer maneira.

Segundo Zhung, essa alteração é resultado do preço baixo dos aparelhos. Eles estão custando menos de US$ 200 na China e o mercado consumidor e bastante grande no país. Como os dados indicaram, são os países emergentes que devem liderar o ranking nos anos seguintes.