Publicado em: sábado, 14/06/2014

Vendas de dia dos namorados apresentam resultados diferentes e instituições responsabilizam a Copa do Mundo por resultados

Vendas de dia dos namorados apresentam resultados diferentes e instituições responsabilizam a Copa do Mundo por resultadosA abertura da Copa do Mundo no Brasil, foi realizada no mesmo dia em que se comemora o dia dos namorados, sendo assim três instituições de proteção ao Crédito apresentaram seus balanços referentes as vendas para este dia e os resultados foram diferentes para as três entidades.

Para o Serasa as vendas registradas neste ano apresentaram um crescimento de 0.05% se levado em consideração o mesmo período do ano de 2013, já para instituição Boa Vista Serviço Central de Proteção ao Crédito o crescimento registrado nas vendas desse ano, frente ao mesmo período de 2013, foi de 0.8%, já o resultado apresentado pela SPC Brasil demonstrou que as vendas caíram 8.63%, se comparadas com o ano passado.

As mesmas três instituições apresentaram dados na semana passada sobre dívidas que estão em atraso, os dados apresentados nos balanços também apresentaram diferença de uma instituição para outra, mas quando questionadas, cada uma das empresas declarou por meio de seus representantes que os dados apresentados estavam corretos e declararam que nada poderiam falar a respeito das divergências apresentadas porque as metodologias das empresas são diferentes, portanto as empresas desconhecem os métodos das concorrentes.

Especialistas que não integram nenhuma das instituições declaram que os resultados não podem ser vistos de uma maneira generalizada, já que os dados contidos nos balanços apresentados pelas empresas refletem apenas os clientes de cada uma delas.

As três empresas admitem que o resultado das vendas do dia dos namorados desse ano, que foram apresentadas nos balanços, foram alcançados devido a abertura da Copa do Mundo ter caído no dia dos namorados, segundo as instituições Serasa e SPC os números registrados no dia dos namorados desse ano foi o pior dos últimos cinco anos, porém as duas empresas dizem que além da Copa do Mundo outro fator contribuiu para os resultados a alta dos juros e também a inflação.