Publicado em: sábado, 08/10/2011

Vencedoras do Nobel da Paz foram destaques essa semana

Mesmo com tantas notícias acontecendo no mundo, o que ganhou manchete durante toda a semana até hoje foi a premiação de três mulheres com o Nobel da Paz 2011. A presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, a militante Leymah Gbowee e a jornalista yemenita Tawkkul Karman foram as vencedoras do prêmio divulgado nesta sexta-feira pelo comitê Nobel da Noruega.

Somente 12 mulheres ganharam o Nobel da Paz até hoje. A última que o recebeu foi a também africana, Wangari Maathai, que era ecologista militante e queniana. Antes da divulgação do prêmio, o presidente do comitê, Thorbjoern Jagland disse que as vencedoras foram “recompensadas pela sua luta pacífica em prol da segurança das mulheres e dos seus direitos de participar nos processos de paz”.

Outra notícia que ganhou destaque essa semana foi o alerta da Unicef contra a deficiência de produtos nutritivos para crianças, principalmente, Africanas. Shanelle Hall, diretora de Abastecimentos da agência da ONU pediu para as indústrias alimentares auxiliarem a humanidade, aos governos e a ONU na busca por soluções para esta crise. O papa Bento XVI também solicitou a todos para que ajudem de maneira concreta.

Também esta semana, o prêmio Nobel da Paz, Desmond Tutu, comemorou seu 80º aniversário com uma cerimônia religiosa na catedral da Cidade do Cabo. Como representante das autoridades do Estado, estava na catedral de St George o vice-presidente Kgalema Motlanthe e a esposa de Nelson Mandela, Graça Machel.