Publicado em: quinta-feira, 24/05/2012

Veículos já são fabricados sem tributação com a redução no IPI

A Anfavea (Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores) confirmou na terça-feira que os veículos com redução de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) já estão sendo comercializados. De acordo com a assessoria da entidade, a Anfevea está pronta para seguir as determinações do decreto que foi assinado pelo ministro da Fazenda Guido Mantega. Ele também já foi publicado no Diário Oficial da União. De acordo com o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Os carros de até 1.000 cilindradas, teve a alíquota de IPI reduzida de 37% para 30%. Esse é um dos motivos que está levando os cidadãos a procurarem as concessionárias para adquirirem um veículo novo. Os preços agora estão mais favoráveis para a aquisição. Desde o final de semana as empresas notam o aumento da procura por veículos novos, o que deverá aumentar a produção das indústrias.

Ação do governo é para conter os problemas da crise internacional, diz ministro

Segundo Mantega, essas medidas anunciadas são voltadas para o setor automotivo e, ao mesmo tempo, para a indústria de bens de capital. Estes são segmentos do mercado que foram altamente afetados pela piora da crise internacional. Além disso, as medidas também servem para a redução das alíquotas do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) no caso de credito para pessoas físicas e também para a taxa de juros dentro do Programa de Sustentação do Investimento.

O governo vai deixar de receber R$ 1,2 bilhão no período de redução das tarifas

Essa medida anunciada pelo ministro é válida até o dia 31 de agosto deste ano. Segundo Mantega, com essa redução, o governo deixa de receber um valor que está estimado em R$ 1,2 bilhão. Além disso, o ministro disse que o governo está negociando com os bancos públicos e privados para aumentar o volume de crédito e a quantidade de parcelas para os financiamentos.