Publicado em: sexta-feira, 24/05/2013

Várzea Grande pode perder campus de universidade para Cuiabá

Várzea Grande pode perder campus de universidade para CuiabáO Reitor da Unemat anunciou que a cidade de Várzea Grande não tem recursos suficientes para receber um campus da instituição. A área concedida não é o bastante para manter as instalações da universidade e a crise econômica pela qual passa o município é um ponto negativo para a possibilidade de parceria.

Para Adriano Silva, a cidade-sede que receber o campus da Unemat, deve oferecer um aparceiramento e contrapartidas, pois com a chegada da academia de ensino, a economia e a parte social do local serão elevados. Segundo o reitor, Várzea Grande passa por um momento crítico, que pode resultar na mudança de planos da localidade do futuro campus universitário. Cuiabá aparece como cidade mais cotada.

Várzea Grande é uma boa opção

Ismael Alves, Secretário do município, afirma ter recursos acumulados para investir no campus da universidade em Várzea Grande e que há um diálogo entre as classes políticas, governador do Estado e o prefeito Walace Guimarães para efetivar a vinda da instituição para a cidade. Não há com o que se preocupar em relação a compensação, uma exigência da administração da universidade.

O receio deliberado por parte da gestão atual da Unemat questiona a capacidade de infraestrutura de Várzea Grande e tem um fundo hipotético do medo de mudança no controle do poder administrativo da reitoria. Que atualmente pertence à cidade de Cárceres.

Em Várzea Grande, existe um planejamento para receber universidades e institutos técnicos que ameaçam causar um grande impacto com a estruturação de cursos nas áreas da cidade. É a partir desta movimentação que surgem avanços tecnológicos e novas pesquisas. O município passa então, a ter mais reconhecimento e chances de desenvolvimento, uma carência vigente.

Ao hesitar por muito tempo e não definir o próximo local do campus, a Unemat perde a diferenciação e visibilidade de ser a primeira universidade do Estado na região.