Publicado em: segunda-feira, 02/06/2014

Valéria Monteiro volta à televisão

Valéria Monteiro volta à televisãoValéria Monteiro pediu demissão da Rede Globo e foi morar nos Estados Unidos. Agora, ela volta para a televisão no Canal Viva para apresentar “O Show da Vida é Fantástico”. Valéria confessa já ter sofrido bullying no início de sua carreira como jornalista e também que já colocou botox.

A jornalista marcou a história depois de apresentar o Jornal Nacional, no ano de 1992. Naquela época, a bancada era destinada somente a homens. Mesmo assim, um ano depois ela pediu demissão da Globo para viver no exterior. Valéria só retornou ao Brasil no ano de 2001 por conta da crise econômica que atingiu os Estados Unidos, após os atentados terroristas de 11 de setembro.

Atualmente, ela vai comandar o programa do Canal Viva, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 23h. Na atração, Valéria conversa com convidados e exibe os clipes de sucesso ao longo dos anos. A jornalista é considerada a musa da área entre os anos de 1980 e 1990.

Valéria já foi modelo na cidade de Campinas, no interior do estado de São Paulo. Ela tem uma filha, a Vitória, de seu relacionamento com Paulo Ubiratan, que faleceu em 1998. A jornalista está solteira e diz que não vai iniciar um namoro se o homem não vier a acrescentar algo de valor em sua vida.

Durante os nove anos que viveu nos Estados Unidos, Valéria trabalhou como freelancer para a Bloomber, NBC e um produtora independente. Após o 11 de setembro, ela diz que se viu desestruturada financeiramente e a filha também já tinha pedido para voltar ao Brasil.

Ao retornar, ela trabalhou em um portal de internet, fez pilotos para televisão, comerciais, palestras e eventos. Além disso arriscou no teatro, escreveu roteiros e foi até produtora de banda. Para quem não sabe, no ano de 2002, Valéria trabalhou na campanha eleitora do candidato à presidência José Serra.

O início da carreira foi em uma TV em Campinas. Depois foi ato Rio de Janeiro e acabou conhecendo o Boni, que era vice-presidente de operações da TV Globo. Ela deixou uma fita com ele, fez um teste e foi aprovada. Depois disso, Valéria trabalhou em vários jornais da emissora.