Publicado em: sábado, 16/06/2012

Valdívia decide ficar e pede para enfrentar o Vasco

O meia chileno Valdívia, do Palmeiras, decidiu permanecer no clube após o drama pessoal sofrido no sequestro-relâmpago. Na última sexta-feira (15), o jogador se reuniu com a direção do Palmeiras e disse que vai ficar no clube, pelo menos, até a final da participação do time na Copa do Brasil.

Acompanhado de seu pai, Luís, Valdívia pediu, inclusive, para ser relacionado para a partida do próximo domingo (17) diante do Vasco da Gama pela quinta rodada do Brasileirão 2012.

De acordo com o jogador, ele ainda está bastante abalado, mas não quer atrapalhar o resto do elenco com a discussão de que ele vai sair ou não. Valdívia disse ainda que espera ajudar o time na semifinal da Copa do Brasil e na reação no Brasileirão.

Por conta das ausências nos treinamentos, Valdívia disse para a comissão técnica que tem condições de atuar por 45 minutos na partida contra o Vasco no domingo. Mas a escalação ou não do jogador vai depender do técnico Luís Felipe Scolari.