Publicado em: terça-feira, 03/04/2012

Valcke voltará ao Brasil após polêmica

Jérôme Valcke irá voltar ao Brasil. Após o polêmico episódio em que declarou que os brasileiros precisariam receber um ‘chute no traseiro’, o secretário-geral da Fifa voltará ao país na próxima semana, onde falará ao Senado nacional.

Valcke irá substituir o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e participará de uma sessão da Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, onde serão debatidos os aspectos a respeito da Copa do Mundo de 2014, bem como da Lei Geral da Copa.

Será a primeira vez que Valcke estará no Brasil após ter dado a polêmica entrevista, e o ministro Aldo Rebelo, um dos que repudiaram veementemente a frase do dirigente da Fifa, adiantou que não deverá comparecer à sessão do Senado, alegando problemas na agenda.

Jérôme Valcke afirmou que o Brasil precisava receber ‘um chute no traseiro’, fazendo referência aos atrasos no cronograma para receber o Mundial em 2014. A declaração foi mal recebida pelo governo brasileiro, e a Fifa teve de enviar um pedido formal de desculpas pelo ocorrido.