Publicado em: terça-feira, 06/03/2012

Valcke se desculpa por declarações e afirma que foi mal interpretado

Após o Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, ter enviado uma solicitação a Fifa pedindo o afastamento de Jérôme Valke, principal interlocutor da entidade máxima do futebol mundial no que diz respeito à preparação do Brasil para a Copa do Mundo de 2012, o membro da Fifa já respondeu de imediato.

Valcke pediu desculpas pelas declarações dadas na última sexta-feira e, segundo ele, o que ele disse foi mal interpretado. O Secretário-geral da Fifa teria dito que o Brasil precisava de um ‘chute no traseiro’ por conta da organização para a Copa.

Na carta escrita por Valcke, em português, ele disse que a expressão que ele utilizou (‘se donner un coup de pied aux fesses’) em francês, significa apenas ‘acelerar o ritmo’ e não da forma que foi interpretada ao pé da letra pelos dirigentes brasileiros.
Além disso, Valcke disse que não há um ‘plano B’ caso o Brasil falhe em algum ponto na organização para a Copa e que o Mundial será realizado no Brasil. O Secretário-geral disse ainda que admira e respeita muito o país, mas ainda há um ar de preocupação quando ao andamento das obras.