Publicado em: segunda-feira, 24/05/2010

Vacina da H1N1 pode apresentar falso positivo no exame de HIV

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) comunicou nesta sexta-feira (21) por meio de uma nota, que aquelas pessoas que tomaram a vacina contra a H1N1 podem ter um resultado falso positivo no exame da HIV.

O resultado positivo para HIV mesmo sem ter o vírus pode acontecer, de acordo com o Ministério da Saúde, até 112 dias após a pessoa ter se vacinado contra a gripe.

O problema já havia sido detectado em março, de acordo com uma nota divulgada pela a Anvisa na época. Mas agora o problema foi comentado pelos Laboratórios do Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids (DST/Aids) do Ministério da Saúde.

Isso acontece porque a vacina contra a gripe aumenta a produção de um anticorpo, chamado de IgM dando o falso resultado no Elisa, o teste feito no Brasil para diagnosticar o vírus da Aids. Mas de acordo com o Ministério da Saúde, o procedimento padrão da rede pública de saúde é fazer uma contraprova por meio de outro exame, o Western Blot. Por isso, não há motivos para preocupação, já que nenhum paciente receberá o resultado do exame de HIV antes que seja feita a contraprova.