Publicado em: quarta-feira, 25/07/2012

Vacina contra dengue protege três das quatro variações da doença

A dengue mata pelo menos 20 mil pessoas por ano. A maioria delas é criança. Por conta disso foi desenvolvida a primeira vacina contra a doença pelo laboratório Sanofi SA, localizado na França. A nova vacina garante a imunização contra três das quatro variações conhecidas da doença. Os testes clínicos da vacina foram feitos na Tailândia.

Nesta quarta-feira, 25 de julho, o laboratório responsável pelo desenvolvimento da vacina disse que a prova da eficiência da imunização é um feito importante nesses setenta anos que o mundo luta para desenvolver uma vacina que fosse viável no combate da dengue. Além disso, o Sanofi disse que os testes mostraram que a imunização pode ser feita de uma maneira totalmente segura.

Outros laboratórios de todo o mundo continuam trabalhando no desenvolvimento de vacinas contra a dengue, mas o Sanofi está bem a frente neste quesito.

A dengue é uma doença que é transmitida através da picada de mosquito. Em todo o mundo, o mal ameaça cerca de três bilhões de pessoas. Milhões das pessoas que sofrem com a doença estão no Brasil. Mesmo quando contaminado com uma das cepas virais da doenças, o paciente não está imune contra as outras três cepas existentes.

A vacina produzida pela Sanofi teve resposta imunológica para as quatro cepas da dengue. No entanto, a eficácia foi comprovada em somente três delas. Agora o laboratório disse que está fazendo análises para saber como é a resistência do quarto tipo da doença e a terceira fase dos testes clínicos poderão dizer se ela tem alguma coisa a ver com uma situação que possa acontecer só na Tailândia, país onde os testes estão sendo realizados.

A unidade de vacinas da Sanofi já teria investido cerca de 423 milhões de dólares para que uma nova fábrica fosse construída na França para a fabricação da vacina. Para ter a imunização, o paciente deve tomar três doses da vacina. A previsão é de que a empresa tenha um faturamento de 1 bilhão de euros a cada ano com a fabricação das vacinas.