Publicado em: quarta-feira, 26/02/2014

USP, Unicamp, Unesp e UFRJ estão entre as melhores universidades do mundo

USP, Unicamp, Unesp e UFRJ estão entre as melhores universidades do mundoDivulgado nesta quarta-feira, 26 de fevereiro, o QS University Rankings, da organização internacional Quacquarelli Symonds, mostra quatro instituições de ensino superior do Brasil entre as cinquenta melhores universidades do planeta. Três delas estão localizadas no estado de São Paulo – USP, Unicamp e Unesp -, enquanto a UFRJ representa o Rio de Janeiro. Apesar da boa colocação das instituições brasileiras, nenhuma conseguiu ficar entre as dez melhores do mundo.

Metodologia

O ranking da Quacquarelli Symonds leva em consideração estudos de reputação e índices de citações em pesquisas acadêmicas. A melhor classificação obtida pelas instituições brasileiras foi no quesito Agricultura e Silvicultura. Neste segmento, a Unicamp ficou na 22ª colocação, seguida pela USP (27ª) e Unesp (50ª). A Unicamp ainda foi a instituição brasileira com melhores colocações em História (34ª) e Filosofia (42ª). Ao todo, o ranking QS leva em consideração trinta áreas.

A USP, que completa oitenta anos em 2014, é a instituição que mais se destacou nas áreas avaliadas. A instituição aparece entre as cinquenta melhores do mundo em oito áreas. Em 20 das 30 disciplinas analisadas, a USP está à frente das outras três instituições brasileiras que tiveram boas avaliações.

Melhor posição

A melhor posição conquistada pela USP foi um 27º lugar na área de Agricultura e Silvicultura. A instituição também se destacou em quesitos como Matemática, Geografia, Comunicação e Mídia, Farmácia e Farmacologia, Estatística e Investigação Operacional e História.

Ao todo, 22 instituições de ensino superior do Brasil aparecem em pelo menos uma das áreas analisadas pelo ranking QS quando se leva em conta o “Top 200”. Dentre as particulares do Brasil, a que recebeu melhores avaliações foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV), considerada uma das cem melhores do mundo nas áreas de Economia, Contabilidade e Finanças. A PUC-SP também foi bem colocada no segmento de Economia, ficando entre as 150 melhores do mundo.

Ranking mundial

Em termos globais, a universidade de Harvard foi considerada a melhor do mundo, ocupando a primeira colocação em 11 das 30 áreas analisadas. Na segunda posição, com duas lideranças a menos, está o MIT (Instituto de tecnologia de Massachusetts).

Apesar da boa colocação das instituições de ensino brasileiras em uma série de quesitos, especialistas em pesquisa acadêmica defendem a urgência em se melhorar a relevância mundial da ciência do país, quesito comumente avaliado em escala internacional. No último levantamento realizado pela THE (Times Higher Education), a USP perdeu muitas posições no que diz respeito à relevância da ciência. Em 2012, a universidade ocupava a 158ª posição no ranking mundial da área e, apenas um ano depois, caiu para a 226ª posição.

Vale ressaltar que existem vários rankings sobre universidades no mundo, cada um utilizando metodologias distintas. Por isso, os resultados do ranking QS podem ou não coincidir com os de outras pesquisas. No Brasil, por exemplo, o Ministério da Educação se utiliza do Índice Geral de Cursos (IGC), que, em 2013, elegeu a Universidade Federal do Rio Grande do Sul como melhor instituição de ensino superior do país.