Publicado em: quarta-feira, 15/02/2012

USP fica entre as 20 melhores universidades do mundo

A Universidade de São Paulo (USP) está entre as vinte melhores universidades do mundo, de acordo com o ranking divulgado no começo do ano pela “Webometrics Ranking Web of World Universities”. Esta avaliação analisa a visibilidade das instituições de ensino superior na internet.

O último ranking, divulgado em julho do ano passado, colocou a Universidade de São Paulo na 43ª posição, alcançando este ano a 20ª. Outra brasileira, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) aparece no ranking, em 71º lugar entre as cem melhores do mundo.

A Universidade de São Paulo continua neste ranking sendo a universidade brasileira mais bem colocada no ranking geral. Além disso, a USP também lidera na lista das melhores instituições de ensino superior da América Latina.

As dezesseis primeiras posições são ocupadas somente por universidades americanas. Entre as vinte primeiras melhores do mundo existem apenas uma brasileira e uma canadense (University of Toronto, ocupando a 17ª posição).

Os três primeiros lugares estão ocupados pela Harvard University, Masshachusetts Institute of Technology (MIT) e Stanford University, respectivamente. Com relação ao último ranking das melhores do mundo, Harvard e MIT inverteram as posições. A melhor colocada da Europa é a Swiss Federal Institute of Technology, na 24ª posição.

Ranking da América Latina

Na lista das universidades latino-americanas, a Universidade de São Paulo aparece em primeiro lugar, seguido pela Univesidad Nacional Autónoma de México e pela UFRGS. A Federal do Rio Grande do Sul subiu 79 posições desde o último ranking: passou da 150º posição para a 71º.
Entre as 100 melhores da América Latina estão 45 instituições brasileiras, sendo que entre as 10 melhores também está a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (4º), a Universidade Federal de Santa Catarina (5º), Universidade Federal do Rio de Janeiro (7º), Universidade de Brasília (8º), Universidade Estadual de Campinas (9º) e Universidade Federal do Paraná (10º).