Publicado em: domingo, 21/10/2012

Universidade Federal Fluminense reservará 10% de suas vagas para alunos de escolas públicas

Universidade Federal Fluminense reservará 10% de suas vagas para alunos de escolas públicasNessa sexta-feira, dia 19 de outubro, a Universidade Federal Fluminense, que também PE conhecida pela sigla UFF, fez o anúncio de que 10% das suas vagas nos cursos superiores para o ano que vem serão destinadas para alunos oriundos de escolas públicas, sejam elas municipais ou estaduais. Para 2013, a instituição de ensino superior está ofertando cerca de 10 mil vagas nos seus cursos de graduação.

Com a decisão, a instituição irá complementar o percentual de 12,5% que a Lei de Cotas, do governo federal, estabelece para a reserva de vagas para alunos de escolas públicas nas universidades e institutos federais. Dentro dessa porcentagem, estão as vagas para alunos de baixa renda e negros.

De acordo com as informações dadas por Roberto Salles, que é o reitor da Federal Fluminense, a lei irá beneficiar os estudantes das escolas públicas que tem o mesmo nível das escolas particulares. Um exemplo disso seriam as escolas federais, militares e de aplicação. Assim, a medida criada pelo governo federal pode não favorecer a inclusão dos alunos mais carentes, na opinião do reitor.

Os colégios citados no exemplo dado pelo reitor da UFF são os que lideram os rankings de avaliações feitas pelo Ministério da Educação, o Mec. Enquanto isso, as escolas que são municipais e estaduais quase sempre aparecem nas piores colocações.