Publicado em: sexta-feira, 09/12/2011

Universidad de Chile larga na frente na final da Sul-Americana

A Universidad de Chile deu mais uma demonstração de que é um dos times mais fortes da América do Sul na atualidade. Jogando em Quito, Equador, pela partida de ida da final da Copa Sul-Americana, o time chileno bateu a LDU, por 1 a 0.

Com o resultado, ‘La U’, como é chamada em seu país, joga por um empate no confronto de volta para ficar com o título da competição internacional. O gol da vitória desta quinta-feira (08) foi marcado por Eduardo Vargas, um dos destaques da equipe chilena.

Agora, para ficar com o título da Sul-Americana, que já conquistou em 2009, a LDU precisa vencer a Universidad de Chile por uma diferença de dois gols. O regulamento prevê que na final não há vantagem por gols marcados fora de casa, e caso a vitória equatoriana seja por um gol, independente do placar, a decisão irá para os pênaltis.

O time do Chile é apontado como um dos mais fortes do continente, tendo eliminado dois brasileiros em fases anteriores da Sul-Americana: Flamengo e Vasco, contra ambos, assegurando bons resultados nos jogos de ida, fora de casa.