Publicado em: quarta-feira, 14/03/2012

Unesp cria 11 novos cursos de engenharia

A Unesp (Universidade Estadual Paulista) anunciou ontem, terça-feira (13), a criação de 11 novos cursos superiores em nove cidades do interior do Estado de São Paulo. Totalizando ao fim cerca de 440 vagas. De acordo com a Universidade, até o final do ano de 2016 a intenção é que a Unesp possua um número próximo de 2.200 estudantes.

No último dia oito, a criação dos novos cursos a serem ofertados foi aprovada pelo Conselho Universitário da Unesp, entretanto, o projeto pedagógico ainda será avaliado, conforme afirmou a instituição.

A Unesp estima que os novos cursos sejam implantados entre este ano e 2014. De acordo com a Universidade Estadual Paulista, a ação de aumento do número de vagas e cursos de engenharia deve se enquadrar no programa de expansão da Universidade, com objetivo de atender a demandas tanto nacionais, quanto locais e estaduais.

A proposta também vem como um estímulo para a aceitação das engenharias. Um estudo citado pela Unesp apontava que em 2010, a participação brasileira na formação de engenheiros havia diminuído. O MEC também afirmou que em 1999, somente 5,9% dos formandos estavam concluindo a graduação em engenharia, número que caiu para 5% no ano de 2008.

Proposta

Foi criada uma Comissão da Pró-Reitoria de Graduação unicamente para receber propostas de novos cursos, precisando levar em conta na decisão os aspectos regionais, acadêmicos e administrativos.

A Unesp informou que todos os cursos deverão contar com 40 vagas cada um, ficando divididos em: Engenharia de Bioprocessos, em Araraquara FCF; Engenharia Química, em Araraquara IQ; Engenharia de Bioprocessos, em Botucatu; Engenharia Agronômica, em Dracena; Engenharia de Manufatura, em Itapeva; Engenharia de Pesca, em Registro, Engenharia de Energia e Recursos Renováveis, em Rosana; Engenharia Eletrônica e Engenharia de Materiais, em São João da Boa Vista; Engenharia Ambiental, em São José dos Campos e Engenharia de Biossistemas, em Tupã.