Publicado em: segunda-feira, 19/05/2014

Uma terapia desenvolvida recentemente pode eliminar o câncer com o vírus do sarampo

Uma terapia desenvolvida recentemente pode eliminar o câncer com o vírus do sarampoUm teste com uma dose forte do vírus do sarampo foi mais eficaz do que os cientistas americanos poderiam imaginar. Manipulada em laboratório, ela conseguiu de forma inédita eliminar o câncer em uma paciente. “Temos aqui um tratamento que você aplica uma vez e o efeito pode ser a remissão de longo prazo do câncer”, conta Stephen Russell, hematologista que co-desenvolveu a terapia, descrita na edição desta semana do “Mayo Clinic Proceedings”.

Ela completa dizendo que, eles acreditam que agora possa se tornar uma cura de aplicação única. Um exemplo de quem já foi beneficiado com a dose, é a paciente, de 49 anos, que havia sido diagnosticada com tipo de câncer na medula, chamado de mieloma múltiplo. Seu problema se tratava de um tumor na fronte e o câncer na medula espinhal, ela recebeu uma dose intravenosa do vírus do sarampo, conhecido pelo nome de MV-NIS, que é seletivamente tóxico as células de plasma do mieloma.

Pré e pós a dose

A dose comum que combate o sarampo, possui 10 mil unidades infecciosas do próprio vírus, a dose nesse estudo foram de 100 bilhões de unidades infecciosas. Russell afirmou: Teve uma resposta notável”, disse Russell. Mesmo sujeito a alguns efeitos colaterais precoces, incluindo fortes dores de cabeça, o tumor na testa desapareceu rapidamente e ficou limpa a medula.

A paciente ainda diz que a remissão durou nove mesmo, mas quando o tumor que era localizado na fronte, voltou a aparecer, os médicos trataram o caso com radioterapia local. De acordo com uma reportagem que foi publicada no jornal “Minneapolis Star Tribune”, informou que a mulher, que agora possui 50 anos, ainda aproveita a vida com uma saúde impecável e espera que a visita ao seu médico, rendam boas notícias, como a que ela está livre do câncer.