Publicado em: sexta-feira, 05/08/2011

UFSCar adia reinício das aulas devido a greve dos servidores

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) resolveu adiar o início das aulas referentes ao segundo semestre de 2011 para o dia 16 de agosto, devido a uma greve dos funcionários técnico-administrativos. As aulas deveriam retornar no dia 8. De acordo com uma nota divulgada pela Reitoria, após a queda da conexão de internet na universidade, que aconteceu na madrugada desta terça-feira (2), os servidores instalaram a greve até que seja garantindo o retorno do sistema.

Sem a conexão, as atividades da Divisão de Controle Acadêmico (DiCA) ficou impedida de realizar as ações necessárias para o início do novo semestre, resultando na necessidade de adiantamento.

A greve dos funcionários que atuam no setor técnico administrativo também teve adesão a outras 50 universidades federais, segundo o nacional de greve da Fasubra (Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Brasileiras). Os empregados estão parados desde o dia 6 de junho.

Para evitar que a greve se estenda, a AGU (Advocacia-Geral da União) já acionou o STJ (Superior Tribunal de Justiça) para que o tribunal declare que a greve é ilegal. Segundo a AGU, a paralização dos funcionários impede o constitucional do ensino público gratuito, a continuidade das pesquisas, o atendimento em hospitais universitários e o desenvolvimento econômico e social do país.