Publicado em: domingo, 22/07/2012

UFC: Anderson Silva só deve voltar a lutar em 2013

Os planos do Ultimate Fighting Championship, o UFC, tiveram que ser totalmente mudados depois de ontem, sábado, 22 de julho.

Isso porque o lutador que seria o próximo rival do brasileiro Anderson Silva para a disputa do cinturão dos médicos perdeu sua luta. Hector Lombard, que é cubano, teve um baixo desempenho e foi derrotado na edição 149 do UFC por Tim Boetsch realizado na noite de sábado. Por causa da derrota, os dirigentes da UFC precisam procurar um novo lutador para enfrentar o brasileiro.

A luta, que aconteceu na cidade de Calgary, no Canadá, deixou Dana White bem chateado por conta das mudanças nos planos. Ele havia falado que faria o anúncio sobre o futuro de Anderson com essa reviravolta, mas não chegou a esclarecer muito o que acontecerá.

A ideia é de que o UFC faça um mini GP onde os principais lutadores da categoria se enfrentaria. No entanto, se isso vier a acontecer, Anderson Silva poderá passar um longo período longe dos ringues. Isso porque até que as primeiras lutas entre os lutadores mais importantes do UFC só devem estar sendo realizados em 2013 e, dessa forma, os brasileiros não poderão ver o principal representante do Brasil na modalidade pelo menos até o final deste ano.

Os lutadores que podem participar desse mini-GP organizado pelo UFC são, além de Anderson Silva, Brian Stann, Muchael Bisping, Chris Weidman, Alan Belcher, Tim Boetsh, Vítor Belfort, entre outros.

Os indicativos apontam que Vitor Belfort pode enfrentar Chris Weidman e o vencedor dessa luta seria o próximo rival de Anderson. Já Tim Boetsch, Alan Belcher, Brian Stann e Michael Bispisg podem se enfrentar em outra semifinal. Os vencedores das disputas se enfrentariam para que a etapa seguinte seja definida.