UFC 159 – Jon Jones vence a luta

UFC 159No ano passado, quando Vitor Belfort enfrentou Jon Jones, muito se falou sobre a chance que o brasileiro teve de finalizar o americano durante a disputa. Mas para quem o campeão dos meio-pesados esteve realmente perto de perder foi para o concorrente de sua última luta, Chael Sonnen. A luta foi realizada no último sábado, na principal disputa do UFC 159. Foi por apenas 27 segundos que Jon Jones não sai do octógono sem o cinturão.

Quem acompanhou a luta pode estranhar, já que Jon Jones conseguiu massacrar Sonnen durante a briga, alcançando um nocaute no final do primeiro round usando sua clássica sequência de cotoveladas. Mas foi uma lesão no dedão do pé que quase o tirou da luta, caso os médicos detectassem a lesão de fratura exposta antes do segundo round, a disputa teria sido interrompida, e com isso, o desafiante declarado campeão. Jon Jones afirmou que na hora não sentiu muita dor, teria apenas visto o sangue e o dedo fora do lugar, mas que jamais deixaria que a luta fosse interrompida por causa disso.

Depois desta declaração, o responsável pelo UFC, Dana White, afirmou e fez questão de deixar bem claro que a luta teria sido interrompida de qualquer forma e Jon Jones sairia de lá sem o cinturão, lembrando que isso teria sido horrível, mas aconteceria da mesma forma. Chael Sonnen é famoso por suas provocações antes das lutas que disputa e desafia outros campeões.

O desafiante afirmou que preferia nem pensar na possibilidade de quase ter levado o cinturão por uma questão técnica, depois de ter tomado uma surra em 4mim33. Jones afirmou que a luta poderia ter sido encerrada antes, mas que confia no árbitro e sabe que ele encerrou no momento certo. Sonnen afirmou depois que ficou impressionado por ter sido colocado para baixo três vezes em um round e precisaria rever a luta para avaliar o que aconteceu.

+ Esportes

Buscar

Curtir