Publicado em: domingo, 08/07/2012

UFC 148: Anderson Silva vence Sonnen por nocaute e mantém cinturão dos pesos médios

ufc 148Na início da madrugada deste domingo, 8 de julho, ficou provado que o norte-americano Chael Sonnen, lutador da UFC (Ultimate Fighting Championship) fala muito, mas luta pouco. Isso porque o lutador brasileiro Anderson Silva representou todos os brasileiros e venceu o combate contra Sonnen, que valia o cinturão dos pesos médios no UFC 148.

O brasileiro venceu a luta por nocaute dado no segundo round. Além de empolgar brasileiros por todo o país e pelo o mundo, Anderson Silva ainda arrancou lágrimas do seu filho e do sobrinho que assistiam a luta, que foi realizada em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Logo após a conquista, Anderson Silva declarou, em entrevista, que não tem nada contra Chael, mesmo ele tendo falado mal do Brasil nos meses que antecederam à luta no octógono. Na sua comemoração, o brasileiro usou a faixa de ‘Campeão da Copa Libertadores da América”, que foi conquistada pelo Corinthians na última quarta-feira (4) no estádio do Pacaembu, em São Paulo, contra o Boca Juniors, da Argentina.

Em uma quebra de protocolo, Anderson Silva ainda abraçou o seu adversário e disse que, se ele quisesse, sua mulher faria churrasco para os dois. A declaração é uma referência às ameaças feitas por Sonnen antes da luta, que afirmou que entraria na casa do brasileiro e faria com que a mulher dele lhe fizesse um bife mal passado. O público, claro, riu das palavras de Anderson, também conhecido pelos torcedores do UFC como Spider.

Os meses que antecederam a luta entre Sonnen e Spider foram marcados por muitas ofensas do norte-americano, que falou mal do Brasil, xingou Anderson Silva e sua mulher. Com a paciência esgotada, o brasileiro prometeu que acabaria com o seu rival na luta que seria realizada no octógono.

Os resultados da UFC 148 foram os seguintes: Anderson Silva venceu Chael Sonnes por nocaute, Forrest Griffin venceu Tito Ortiz por decisão unânime, Cung Le venceu Patrick Côte por decisão unânime, Demian Maia venceu Dong Hyun Kim por nocaute técnico, Chad Mendes venceu Cody McKenzie por nocaute, Mike Easton venceu Ivan Menjivar por decisão unânime, Melvin Guillard venceu Fabricio Morango por decisão unânime, Khabib Nurmagomedov vence Gleison Tibau por decisão unânime, Costa Philippou venceu Riki Fukuda por decisão unânime, Shane Roller venceu John Alessio por decisão unânime e Rafaello Trator venceu Yoislandy Izquierdo por decisão unânime.