Publicado em: terça-feira, 17/04/2012

Twitter queria comprar Instagram

De acordo com o jornal “The New York Times”, o microblog Twitter tinha demonstrado interesse na compra do aplicativo de fotos Intagram nos últimos meses. A informação é de que Jack Dorsey, um dos fundadores do microblog, utilizava o aplicativo todos os dias para mandar fotografias para o Twitter. No entanto, depois que o Instagram foi comprado pelo Facebook, Dorsey teria parado de usar o aplicativo.

Segundo o “New York Times”, esta seria uma forma de dizer que Dorsey não estava contente em ver que o aplicativo foi parar na concorrência. De acordo com o jornal norte-americano, o porta-voz do microblog não fez qualquer comentário sobre o assunto.

Investimento

Em fevereiro do ano pássaro, Dorsey investiu no aplicativo, sendo um dos primeiros empresários a ajudarem no desenvolvimento do Instagram. Antes mesmo de o programa começar a ser disponível para o público, Dorsey já o utilizava e postava suas fotografias usando os filtros oferecidos pelo aplicativo.

O aplicativo Instagram foi criado em 2010, sendo que um de seus inventores foi o brasileiro Mike Krieger. O aplicativo permite que o usuário possa colocar filtros em suas fotografias, como efeitos de luz. Depois disso, a pessoa pode publicar as imagens em diversas redes sociais, como Twitter e Facebook. Na segunda-feira (9), a empresa de Mark Zuckerberg anunciou que comprou o Instagram por US$ 1 bilhão.