Publicado em: quarta-feira, 30/07/2014

Turnê de Miley Cyrus com a participação de Lily Allen começa nesta sexta-feira, nos EUA

Turnê de Miley Cyrus com a participação de Lily Allen começa nesta sexta-feira, nos EUANo início do mês uma notícia mexeu com a cabeça das fãs de Lily Allen e Miley Cyrus. As cantoras irão se apresentar juntas em uma turnê de Miley, chamada de “Bangerz”. As duas irão dividir o mesmo palco e farão em torno de sete shows que começara no dia 1º de agosto, nos Estados Unidos. Essa será a volta de Lily Allen após ter ficado sem se apresentar por um longo período. As informações foram cedidas pelo site “Gigwise” e pelo jornal “The Guardian”. Mas para os fãs brasileiros que esperam para ver a dupla nas apresentações que serão em Brasília (24/09), São Paulo (26/09) e Rio de Janeiro (28/09), precisarão se contentar somente com Miley, porque a britânica não estará presente nessas datas.

Mesmo sem Lily Allen, a loira consegue envolver os fãs com sua bela apresentação regada de muita sensualidade, com figurinos inusitados e sempre muito liberal, fazendo referências à maconha e nas coreografias simulando masturbação, bem diferente da inocente personagem teen Hannah Montana.

Crítica e dedicatória polêmica

No ano passado, Lily Allen declarou que iria voltar à ativa novamente, ela criticou uma dança que Miley tem o costume de fazer chamada “twerk” desde o primeiro clipe da música “We Can’t Stop” de seu álbum “bangerz”. Mesmo depois desses comentários e a troca de farpas entre as duas, Lily garantiu que não tinha nada contra Miley, pelo contrário, hoje ela realmente gosta da ex- Hannah Montana e antes não a conhecia. Afirma ainda que a ela é engraçada, esperta e espirituosa. Durante um show em que Lily fez no festival Glastonbury, na semana passada, ela também fez questão de polemizar e quando estava cantando a música “Fuck You”, dedicou-a ao presidente da Fifa, Joseph Blatter. Sem papas na língua declarou que a música iria para a pessoa mais corrupta do mundo.