Publicado em: segunda-feira, 10/08/2009

Tufão continua devastando casas na China

Cerca de 1 milhão de pessoas na China foram forçadas a fugir para costa oriental do país nesta segunda (10) por causa do tufão Morakot, que vem inundando aldeias e derrubando casas.

Segundo a Administração Meteorológica da China, ventos de 83 quilômetros por hora atingem a costa oeste do país, desabando mais de 2 mil casas e alagando diversas aldeias.

A única forma de chegar a essas aldeias é por helicóptero, já que pontes foram danificadas pela tempestade. Essa é a maneira que as autoridades locais encontraram para levar alimentos para as áreas atingidas pelo tufão e para que as equipes de resgate se aproximem dos locais atingidos.

Seis pessoas morreram vítimas da pior inundação dos últimos cinqüenta anos na China. Desde o começo da temporada de tempestades, 307 pessoas morreram e outras 67 milhões foram atingidas por inundações, avalanches e tufões, de acordo com as autoridades locais.

No Japão, o tufão Etau chegou à costa do Pacífico acompanhado por fortes tempestades, matando 13 pessoas. O Etau deve chegar à região de Tóquio na manhã de terça-feira (11) e pode provocar a queda de até 250 mm de chuva.