Publicado em: terça-feira, 08/11/2011

Tropa de Choque da PM retira estudantes de prédio da USP

Na madrugada desta terça-feira, dia 8 de novembro, a Tropa de Choque da Polícia Militar começou o procedimento de reintegração de posse do imóvel da reitoria da Universidade de São Paulo (USP). Os estudantes da universidade ocuparam o prédio no dia 2 exigindo a retirada dos policiais do campus da USP, após alunos terem sido flagrados com maconha.

Aproximadamente 400 policiais, com estudos, cassetetes e armas munidas com balas de borracha, arrombaram o portão para entrarem no prédio, em seguida, foram encontrar os alunos. A operação também contou com a cavalaria e dois helicópteros, que iriam garantir a integridade física dos presentes no local.

De acordo com informações antecipadas da Polícia Militar, no mínimo 70 alunos foram retirados e detidos para investigação. Os estudantes foram levados em um ônibus até o distrito policial. O Corpo de Bombeiros foi acionado antes de a operação começar, caso precisasse socorrer algum ferido.

O local onde os estudantes estavam foi totalmente cercado e, por volta das 5h20, muitos alunos já tinham sido retirados do prédio de maneira pacífica. Os estudantes que não participaram na ocupação no prédio da reitoria têm várias opiniões a respeito da presença dos policiais no campus. Alguns afirmam que os policiais agem de maneira cordial, e a presença deles trouxe mais segurança. Porém, outros dizem que os PMs agem de forma truculenta.