Publicado em: sábado, 05/11/2011

Tripulantes do Marte-500 encerram simulação de 1 ano e meio

Na sexta-feira (04) terminou a experiência Marte-500, onde participaram seis voluntários. A experiência consistia em passar um ano e meio encerrado numa cápsula construída para simular uma viagem, de ida, permanência e volta, do planeta vermelho – Marte.

No horário de Brasília, às 8 da manhã, os seis voluntários abriram a porta que foi lacrada em 3 de junho de 2010, quando a experiência simulando uma viagem tripulada a Marte começou. Foram mais de 500 dias isolados.

A montagem da cápsula ocorreu no Instituto de Estudos Biológicos de Moscou, ligado à Academia de Ciências da Rússia. A experiência contou com a monitoria de cientistas da Academia e pela Roskosmos, da Agência Cósmica Russa, com participação da Agência Espacial Europeia. Na equipe estavam três russos, um chinês e dois engenheiros, um France e outro ítalo-colombiano.

A simulação contou com lançamento e pouso em Marte. Além de passeios espaciais ao redor de Marte com retorno a Terra. Durante toda a simulação os voluntários contaram com monitoramento médico e psicológico.