Publicado em: terça-feira, 17/05/2011

Tribunal Penal Internacional pede prisão de Kadafi

O Tribunal Penal Internacional (TPI) pediu a prisão do ditador da Líbia, Muamar Kadafi, sob acusação de crimes contra a humanidade.

O promotor do TPI, Luis Moreno Ocampo, acusa Kadafi e seus seguidores de comandarem execuções de civis na luta contra os rebeldes, que pedem a saída do ditador. Além de Kadafi, também foram indiciados o filho do ditador, Seif al-Islam Kadafi, e o chefe de inteligência Abdullah Al Sanousi.

Ocampo afirmou que provas recolhidas apontam que os três acusados planejaram e executaram mortes, bombardeios e usara franco atiradores contra residências, manifestações e até funerais de civis não armados.

As investigações do TPI iniciaram em março, e desde então mais de 30 prisões já foram efetuadas, após serem ouvidas mais de 50 pessoas e coletadas informações através de 1,2 mil documentos, que incluem vídeos e fotos.