Publicado em: terça-feira, 05/02/2013

Tribunal norte-americano rejeita novo pedido da Apple contra Samsung

Tribunal norte-americano rejeita novo pedido da Apple contra SamsungUma corte de recursos norte-americana Unidos rejeitou durante esta segunda-feira (4) um pedido que a Apple havia feito para que fosse acelerada a análise de um pedido para a proibição das vendas de diversos celulares da Samsung.

Um juiz de uma instância menor já tinha rejeitado a solicitação feita pela Apple por uma determinação preliminar depois de um julgamento que teve grande visibilidade em 2012. Na decisão desta segunda-feira, um tribunal de apelação na capital Washington, D.C., afirmou que, no primeiro lugar, um comitê contendo três juízes iria fazer a análise do recurso pedido pela Apple. Apenas após essa etapa, o tribunal de recursos vai decidir se vai querer de fato ouvir ouvir este caso. Pessoas que representavam a Apple e Samsung não quiser comentar esta decisão.

Esta disputa em tribunais de recursos acontece depois que a Apple conseguiu obter 1,05 bilhão de dólares em uma decisão de um juiz no ano passado em um processo que movia contra a Samsung em um tribunal da California. Depois da vitória, a Apple tentou conseguir uma proibição permanente para as vendas de diversos aparelhos celulares mais antigos da empresa sul-coreana, porém os analistas acreditavam que a Apple fosse tentar estender o veredito também para os modelos da Samsung que tem grandes quantidades de vendas, como por exemplo o Samsung Galaxy S III. A juiza Lucy Koh, da corte de San Jose na California, não acatou o pedido feito pela Apple.

As disputas envolvendo Apple e Samsung são amplamente vistas como quase sendo uma guerra entre a Apple e o Google que envolve batalhas em diferentes cortes. Os aparelhos celulares e tablets da linha Samsung Galaxy utilizam o sistema operacional Android, feito pelo Google, que o co-fundador da empresa norte-americana Steve Jobs fez denúncias como sendo um produto roubado.