Publicado em: quarta-feira, 26/10/2011

Três vítimas são resgatadas após três dias do terremoto na Turquia

As equipes de resgate da Turquia conseguiram resgatar nesta quarta-feira (26) três vítimas com vida do terremoto de 7,2 graus de magnitude que atingiu o país no último domingo (23). Foram encontradas duas professoras e um estudante universitário em Ercis, cidade mais prejudicada pelo terremoto. Autoridades acreditam que o desastre natural tenha deixado ao menos 461 mortos. Na terça-feira (25) foi encontrado uma bebê de 15 dias com vida também sob os escombros.

O primeiro a ser resgatado foi o estudante universitário, Eyup Erdem, que tem 18 anos. As duas professoras, Sediye Erdem e Gozde Bahar, foram resgatadas na seqüência, mas em operações distintas. Sediye foi encontrada nos escombros de um edifício de cinco andares. A primeira coisa que perguntou quando foi retirada daquele ambiente foi pelo seu marido, mas ele já foi encontrado morto. Sediye também reclamou de sede ao sair dos escombros.

No caso de Gozde, autoridades afirmaram que ela foi resgatada com vida, mas seu coração parou por alguns instantes a caminho do hospital. A equipe médica conseguiu reanima-la, mas seu estado continua grave. A bebê encontrada na terça-feira estava bem de saúde e depois também foram resgatadas a sua mãe e a sua avó.

O governo de Ancara, capital da Turquia, também declarou que vai aceitar ajuda internacional para providenciar moradia aos cidadãos que ficaram sem casas. A principal preocupação é com o inverno rigoroso que está chegando. Muitos já estão morando nas ruas com temperaturas abaixo de zero. A Turquia pediu casas pré-fabricadas a 30 países, incluindo Israel, nação com a qual está vivenciando crise diplomática.