Publicado em: sábado, 03/09/2011

Tremor na Argentina é sentido em cidades brasileiras

Um terremoto de 6,7 graus na escala Richter, que aconteceu na Argentina a 692 km de profundidade. Mais precisamente o tremor ocorreu na cidade de Santiago del Esterno, na região norte do país argentino e que fica cerca de 800 quilômetros de Buenos Aires. O terremoto chegou a ser sentido em algumas cidades do Paraná na tarde desta sexta-feira (02). A cidade de Maringá, no Paraná, foi a primeira a haver relatos do terremoto, os moradores do município disseram que o tremor durou cerca de três segundos.

O prédio da Paraná Assistência Médica, no centro da cidade chegou a ser desocupado, mas nenhum dano material e estrutural chegou a ser registrado. Depois do ocorrido foi realizada uma vistoria no local, que foi liberado em seguida e atendimento voltou a ser normalizado.

De acordo com o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UNB) no Brasil já foram registrados 54 casos como este. Devido a estarmos na mesma placa tectônica onde os terremotos ocorrem e por acontecerem em grandes profundidades, faz com que a sensação do tremor acabe se dissipando, podendo ser sentido em outras regiões. Como aconteceu também com o terremoto de oito graus que atingiu o Chile.

Outras cidades também conseguiram sentir o abalo sísmico, cidades como Londrina, Cascavel houve relatos de que aconteceram pequenos tremores, principalmente nos prédios mais altos. No entanto, em cidades bem distantes do epicentro do terremoto também forma sentidos, como em Brasília e em Goiânia. O terremoto aconteceu às 11 horas da manhã na Argentina e não deixou vítimas.