Publicado em: sexta-feira, 26/07/2013

Trem sai dos trilhos e causa mortes na Espanha

Trem sai dos trilhos e causa mortes na EspanhaUm trem descarrilhou próximo a Santiago de Compostela, que fica na região noroeste da Espanha e deixou ao menos 60 pessoas mortas e em torno de 130 feridas nesta quarta-feira, dia 24 de julho. Marcando entre os piores acidentes em ferrovias na história daquele país.

Por enquanto os números são provisórios, mas é certo que são 60 mortos declarou para a agencia France Press um dos porta-vozes do governo da região da Galícia, ainda somando que são 111 feridos já identificados, e outros com um número entre 15 a 20 ainda não identificados.

O governo da região informou que o trem era de passageiros e transportava ao todo 222 passageiros. O presidente do Governo Regional, de Xunta na Galícia, Alberto Núñez Feijóo, fez uma declaração anterior que havia em torno de 50 motos no acidente, em sua declaração a televisão de canal público espanhol.

Momentos depois da declaração do presidente de Xunta e divulgação de algumas das primeiras notícias a respeito da tragédia, Mariano Rajoy, chefe do governo espanhol, também procurou expressar sua solidariedade e afeto as vítimas e familiares através de seu perfil na rede social Twitter. Rajoy vai para Santiago de Compostela na manhã de quinta-feira acompanhar de perto os acontecimentos em torno da tragédia.

O descarrilhamento se deu a poucos quilômetros de onde está a estação de Santiago de Compostela. O trem faria o percurso que liga Madri até El Ferrol, na Galícia.

Segundo informou o Hospital Clínico de Santiago de Compostela, 111 dos feridos foram atendidos no próprio local do acidente, porém o hospital não deu maiores informações a respeito do estado dos feridos, apenas afirmou que está sob controle a situação.

Samuel Juárez, delegado do Governo da Galícia, mesmo sem apurar os motivos que levaram o descarrilhamento do trem, descartou qualquer hipótese de ser um atentado, apontando a somente um acidente. De acordo com o delegado não existem elementos para falar tal coisa.

A ferroviária Renfe enviou um porta-voz que disse em nome da companhia ferroviária que haverá uma investigação e que devem aguardá-la. De acordo com a declaração os resultados sairão em breve, com a consulta das caixas pretas da locomotiva.

São diversos vagões virados nos trilhos e um deles completamente destruído segundo mostram as imagens do local. Uma das testemunhas disse que teve a sensação que o trem se perdeu em uma curva e capotou, ficando os vagões sobrepostos.

Os eventos de Santiago de Compostela que é a capital da região cancelou todos seus eventos em homenagem ao santo padroeiro local, apenas a missa foi mantida, com intuito de luto.