Publicado em: terça-feira, 13/08/2013

Trem-bala entre São Paulo e Rio de Janeiro tem sua concessão adiada pela terceira vez

Trem-bala entre São Paulo e Rio de JaneiroDe acordo com o que estava previsto o governo faria o leilão para concessão do ter-bala que ligará Campinas, São Paulo e Rio, no dia 19 de setembro, porém conforme o anúncio realizado nesta segunda-feira ele não acontecerá mais nesta data.

Quem passou a informação do adiamento foi César Borges que é ministro dos transportes e também pelo presidente da Empresa de Planejamento e Logística Bernardo Figueiredo.

O leilão que contava com apenas uma empresa interessada teve seu adiamento decretado pela terceira vez, já que no ano de 2011 houve uma tentativa de realização desse leilão de concessão para a construção desse trem-bala também não teve êxito.

Segundo informações que foram dadas por César e Bernardo, o governo permanece na tentativa de realizar esse leilão desde o ano de 2010, porém o cronograma já sofreu vários adiamentos e teve sua remarcação definida para ocorrer daqui há pelo menos um ano, a nova data para essa concessão ainda não está marcada, mas segundo César o governo quer realizar a licitação já no ano que vem e também ressaltou que o adiamento do leilão não reflete diretamente no prazo que oi dado para o funcionamento do trem, que está previsto pra começar em 2020.

O valor do projeto de construção do trem-bala está em R$ 35.6 milhões e através de informações que constam em um edital do mês de agosto, a tarifa que será cobrada de seus passageiros tem como preço máximo o valor de R$ 0,49 centavos por quilômetros rodados, ou seja, o valor de uma passagem no trecho entre Rio e São Paulo custaria ao usuário do transporte, cerca de R$ 199 reais, trecho que será percorrido em 99 minutos,já que o trem terá velocidade de 300 quilômetros por hora.

Esse Leilão já era para ter acontecido no ano de 2010, no mês dezembro, que foi adiada para abril do ano seguinte e posteriormente para julho de 2011, porém nesta última data referida nenhuma empresa manifestou interesse e por falta de propostas o governo teve de alterar essa data.

O trem-bala do Brasil terá velocidade de 300 quilômetros por hora no trecho entre São Paulo e Rio de Janeiro, por isso esse trajeto poderá ser realizado em 99 minutos.